quinta-feira, 27 de setembro de 2012

O passado e o presente por Shawn Clover

Fantástica essa série de fotos do fotógrafo chinês Shawn Clover, ele montou um projeto onde em uma só foto mostra-se o presente e o passado de São Francisco. As fotos mostram o passado de 1906 de São Francisco, após um terremoto que destruiu a cidade, e o presente, com a cidade reconstruída!

Seguem algumas imagens:


Na década de 70 do século XX, Recife foi acometida por uma história enchente que deixou toda a cidade, praticamente, submersa por água da chuva e lama. Quem sabe se não ficaria interessante inspirar-se nesse projeto do Shawn Clover e fazer umas fotos assim do Recife.

Quem se interessar pelo trabalho do Shawn Clover, tem mais no hshawnclover.com.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Sugar Skull da Sylvia Ji

Você sabe o que são Sugar Skull [crânio do açúcar]? Mesmo que não sabia eu aposto que você já viu por aí essas imagens de crânios pitados bem coloridos. Essas imagens de caveiras coloridas são símbolos do dia de finados no México.

História do Dia dos Mortos [Dia de los Muertos]

Dia de Finados é um feriado comemorado intensamente no centro e sul do México durante os dias de 01 de novembro e 2. Mesmo que coincida com o feriado católico chamado "Dia de Todos os Santos", os povos indígenas têm combinado isso com suas próprias crenças antigas de honrar seus entes queridos falecidos.

Eles acreditam que as portas do além são abertas à meia-noite em 31 de outubro, e aos espíritos de todas as crianças falecidas (angelitos) são permitidos que se reúnam com suas famílias por 24 horas. e em 2 de novembro, os espíritos dos adultos vêm para aproveitar as festividades que estão preparados para eles.

Em aldeias mais tradicionais, belos altares (ofrendas) são feitos em cada casa. Eles são decorados com velas, baldes de flores montes de frutas, amendoim, placas de peru toupeira, pilhas de tortilhas e grandes pães chamados "pan de muerto". O altar precisa ter muita comida, garrafas de refrigerante, chocolate quente e água para os espíritos cansados. Brinquedos e doces são deixados para os angelitos , e em 2 de novembro, os cigarros e garrafas de mezcal (ou mescal, é uma bebida alcoólica destilada, produzida a partir do sumo fermentado do agave. O mezcal diferencia-se da tequila por ser uma bebida mais "rústica", sendo em geral destilada apenas uma vez, contra duas ou três da tequila.) são oferecidos aos espíritos adultos. Esqueletos folclóricas e caveiras de açúcar, comprados em mercados ao ar livre, fornecem os retoques finais.

Dia de Finados é um feriado muito caro para as famílias auto-suficientes, com base rural, as famílias indígenas. Muitos gastam mais de dois meses de renda para honrar seus parentes mortos. Eles acreditam que a ofrenda edifica e mantém a família perto e que os espíritos felizes irão fornecer proteção, boa sorte e sabedoria para suas famílias. 

Na tarde do dia 02 de novembro, as festividades são levadas para o cemitério. Pessoas limpam os túmulos, jogam jogos de carta, ouvem a banda e falam sobre seus entes queridos. Em outros países, como nos EUA, O Dia dos Mortos está se tornando muito popular, talvez por não terem uma maneira própria de celebrar e honrar os mortos, ou talvez por causa da fascinação com o misticismo que esse feriado tão peculiar possui.

Segue imagens da arte de Sylvia Ji inspiradas nessa simbologia: 


Mais em sylviaji.com

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Lista de Presentes de Casamento.

Sabe um costume que eu acho feio, cafona e muito mal educado? Fazer Lista de presentes de casamento. Genteeee que coisa terrível!

Pois bem, vamos por partes:

Dar uma festa, nesse caso de casamento, é ou pelo menos deveria ser uma ação de graças em razão de um acontecimento feliz, quer dizer, você oferece a festa em gratidão por estar se casando, iniciando um novo ciclo, e comemora tal acontecimento com as pessoas queridas. Já os presentes são ou, novamente, ao menos deveriam ser a felicitação espontânea dos convidados aos noivos por conta daquele momento de alegria, de júbilo, de comemoração.

Ocorre que hoje em dia, nada disso mais acontece. As pessoas fazem festas por questões de status, querem mostrar aos outros que podem dar uma super festa, convidam todos os inimigos para jogar na cara deles "o quanto são felizes" e, para terminar de ferrar tudo, fazem uma lista de presentes em determinada loja, a qual consta no covite, onde os convidados são coagidos a ir lá na loja e escolher algo da lista para comprar.

Aff... Que costume grosseiro e mal educadíssimooo!!! É como se obrigassem o convidado a levar um presente pré-escolhido, aliás é isso mesmo, a pessoa OBRIGA o convidado a comprar alguma coisa e lhe dar para poder ir à sua festa, é o "ingresso do evento".  Eu não vou à festas de casamento em que me obrigam a comprar um presente de lista feitas em lojas. Como assim pessoa? Quem está sendo convidado? EU ou UM PRESENTE???

É sério, parem de fazer esse tipo de lista! Isso é feio, mal educado e até constrangedor. Faça da comemoração do seu casamento uma data de graças e celebração e não de ostentação vazia, afinal felicidade é comemorar o amor e a união, e não acumular coisas e mais coisas por si só.

Hoje vou encerrando por aqui.
Até mais gente! Beijos! 

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...