sexta-feira, 26 de julho de 2013

Dicas de Composição Fotográfica

Depois que se aprende o básico de fotografia (que é controlar a exposição e a luz), começa-se a apurar o olhar para os elementos de composição fotográfica, pois de nada adianta fazer uma foto com exposição perfeita e não saber equilibrar sua composição. Pensando nisso, hoje vamos elencar alguns conceitos que podem transformar as suas composições e produzir resultados fantásticos.

• Repetição  Pode-se conseguir movimento e ritmo ao fotografar séries de repetições de elementos com cor e/ou forma parecidos.
Frozen Colors by Alessandro Sarno.
• Espaço Negativo/Positivo ► Este conceito é usado em arte, design, esculturas, arquitetura há centenas de anos. No entanto, na fotografia, "Espaço Negativo" é a área que circunda o assunto pricipal (que é o "Espaço Positivo", ou seja, o elemento enfatizado na fotografia). Em outras palavras, Espaço Negativo é aquela parte da fotografia que comporta elementos neutros de informação, que pode ser uma textura, uma cor... Controlar o equilíbrio entre espaço negativo (ou "espaço em branco", conforme alguns) e espaço positivo é o que dá impacto visual para a foto.
Foto Bravo Fisher Arquivo.
• Silhuetas  Fazer silhuetas é simples: é só preencher o fundo de luz e deixar o assunto sem luz. É uma tecnica que revela e valoriza as formas dos objetos fotografados.
Cottonwood Shadows by Stu Willard.
• Reflexos, Sombras, Linhas   O olhar criativo consegue enxergar maravilhas artisticas. Fique atento aos reflexos, sombras e linhas (sejam simétricas ou não) que as coisas e os ambientes revelam para fotografar!
This is where I want to be... by Kurt Rahn.
Stairway shadows by Wood-n-Images.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

"Composição Fotográfica" para fazer sua fotografia se destacar na multidão!

Pode-se dizer que a Composição é a parte mais importante na arte da Fotografia! É a composição que vai diferenciar uma "simples foto" de uma "fotografia espetacular". Esse elemento é o que demonstra que fotografia é mais do que velocidade, abertura, ISO e objetivas, tanto que chega a ser seguro dizer que a composição não depende quase nada do seu equipamento, depende mais do "olho fotográfico" de cada um. Mas o que é "composição fotográfica" afinal? 

Todo tempo que dedicamos nos esforçando para decidir a velocidade e o ISO a ser usando, tem como fim organizar os elementos visuais dentro do enquadramento para "compor" a fotografia, portanto, composição fotográfica pode ser definida como a seleção de como devem, e quais elementos devem entrar no campo fotográfico. Por isso, para que se criar uma boa fotografia é preciso ter paciência e fazer um planejamento cuidadoso.

Algumas situações são boas composições por si só, mas quando não é este o caso, pode-se "criar" uma fotografia legal. Assim, uma fotografia bem composta depende, no final das contas, da criatividade de quem fotografa. A partir da observação de alguns pontos, pode-se conseguir uma fotografia bonita e bem composta, segue, portanto algumas dicas para se conseguir uma boa composição fotográfica.

• Ângulo  Escolher um ângulo criativo pode fazer sua fotografia se destacar na multidão. Ângulo na altura do olho já é muito utilizado, vale a pena, pois, apostar em outros. Mostrar uma imagem por um ângulo novo pode fazer toda a diferença entre uma foto "sem sal" e uma fotografia atraente. Por isso que, para conseguir um ângulo menos conservador, se você tiver que se jogar no chão, subir em cadeiras, em árvores, se retorcer como um bobo, faça sem receio! Pode ser que o resultado seja estranho e você não goste, mas também pode ser que resulte numa fotografia linda. Só dá para saber se tentar.


• Fundo  Escolha um fundo suave para dar maior atenção visual ao centro de interesse da fotografia. Chegar mais perto, evitar assuntos não-relacionados com o assunto principal ou mesmo apostar no bokeh (fundo borrado/embaçado), são boas formas de compor uma foto com destaque ao assunto dela.


• Enquadramento [a "regra dos terços"]  Observar o enquadramento pode melhorar muito a composição, e observar a "regra dos terços", pode ser de grande ajuda nisto. Resumidamente, podemos dizer que a "regra dos terços" consiste em imaginar* que existe que a área da fotografia está dividida simultaneamente em três terços verticais e horizontais, como uma grade. Segundo a regra dos terços, os elementos mais importantes na sua cena devem ser posicionados ao longo destas linhas, ou nos pontos onde elas se cruzam.

Para não precisar "imaginar" essas linhas deixe sempre ativada a opção "grade" na câmera.

• Equilíbrio  Uma foto bem equilibrada é aquela que consegue harmonizar as formas, as sombras e luzes, os reflexos, as cores de modo que formem uma aparência de alinhamento, de regularidade. Pode-se começar a buscar esse equilíbrio, explorando a simetria dos padrões, as linhas e curvas que as cenas têm, as sombras que as luzes dos ambientes projetam sobre as formas das coisas.


Evidente que essas orientações não são regras incontestáveis, contudo, elas podem ajudar muito tanto na hora de criar nas nossas fotografias quanto na hora de analisar as de outros fotógrafos.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Fotografia: Claro que pode editar, mas calma!

Há pouco tempo eu publiquei um post sobre se é ou não é antiético editar fotografias (este post AQUI). Antiético editar, por si só, não é, mas se exagerar a mão na edição pode ser de muito mau gosto. É fato notório que o exagero na edição de fotografias as deixa, na falta de outra palavra, feias. Muito feias mesmo! Há exageros gravíssimos que estragam qualquer fotografia, cafonizam totalmente! Hoje vou elencar 5 dos que me parecem mais gritantes.

A partir desta foto original, vamos comparar o Top Five da cafonice na edição de fotografia:


1. Saturação ► Esse é o mais comum, porém exagerar na saturação da foto a deixa com aspecto brega e artificial. Então, se precisar corrigir o contraste na pós-produção de imagem, procure não saturar demais.


2. Efeitos e filtros ► Às vezes os efeitos e filtros podem deixar a foto interessante quando aplicados, mas é preferível que, se for usar, use suavemente. O segredo para não cair na cafonice está na moderação.


3. Texturas ► O fato é que raramente uma textura deixa uma foto bonita. Evite ao máximo!


4. Falso Flare ► É verdade que em algumas fotografias o flare fica estiloso, mas adicionar um falso com o programa de edição (Photoshop, Gimp...) está entre o top da breguice cafona em fotografia. Destacar com esses programas um flare que já existe na imagem, um real, é até válido, mas forjar um que não existe, é terrível. Jamais faça! 


5. Vinheta  ► Acho que foi "modinha" instaurada pela Instagram esse lance de falsa vinheta nas fotos, para dar uma ar retrô, vai saber... Mas acontece que a foto não vai ficar boa só porque se colocou uma vinheta forte ali, então se for colocar um efeitozinho de vinheta na foto cuidado para não ficar gritante e artificial. 


Claro que não se está ditando regras incontestáveis aqui, mas simplesmente chamando atenção para o exagero ao usar certos efeitos e recursos dos programas de edição de imagem, pois tudo com moderação e bom senso é válido.