segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Eu não quero ser zumbi de shopping

The picnic ... by Laura Evans.
Uso shopping para pagar minhas contas no fim de semana (gosto dessa comodidade), gosto da comodidade de comprar algumas coisas que eu preciso fora do "horário comercial". É só isso mesmo que eu gosto nos shoppings.

Uma cena deprimente dos fins de semana em que me enfio nesses lugares para comprar umas coisas de que preciso e pagar contas: famílias passeando nos shoppings, perambulando de um lado ao outro, com seus filhos no Game Station, e depois de comer aquela comida borrachuda do McDonalds voltam para casa. Essa é a "diversão" nas cidades carentes de parques públicos.

Vejam só, estamos em pleno setembro, beirando a primavera e o verão, e mal temos o direito de desfrutar o sol... Mal temos o direito de fazer um pic-nic na grama com a comida gostosa que fizemos em nossas próprias casas. É isso o que eu acho deprimente.

Isso não é um discurso hippie nem anti-capitalismo, é um discurso de liberdade de escolha. Eu quero poder escolher ir ao parque fazer pic-nic no gramado, tomar sol, ler um livro ao ar livre, brincar de fazer bolhas de sabão com as crianças e respirar o oxigênio das plantas, eu quero ter parques para poder fazer essa escolha, ao invés de ficar enfiada nessas câmaras de luz artificial, temperatura artificial, vitrines cheias de coisas que gritam nos nossos ouvidos "compre!", "compre!","compre!", "compre uma felicidade artificial!".

É por isso que eu defendo que as cidades tenham mais parques públicos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...