segunda-feira, 31 de março de 2014

Faça você mesmo: Cortina em Voil para quarto

Olá gente!
Outro dia fui comprar uma cortina para meu quarto. Queria algo meio transparente e clara, super simples. Mas me chateei com os preços das lojas. Eu só queria uma cortina simples e pequena, para uma janela pequena, mas essas cortinas não custavam menos que R$70,00. Achei absurdo. Com R$ 9,00 eu compro tecido suficiente para fazer duas cortinas do tamanho que eu quero. E foi o que eu fiz.

Por isso, hoje vou mostrar um passo-a-passo de como fazer uma Cortina em Voil para quarto com medidas de 1m X 1,30m — claro que você pode aumentar as medidas e fazer do tamanho que você quiser. O plano aqui é passar a ideia básica de como confeccionar uma cortina você mesmo. O tecido que eu usei foi Voil (na cor branca) porque é meio transparente e eu quero que passe um pouco de luz pela minha janela, mas você pode usar um tecido mais grosso ou outro de sua preferência. Paguei numa loja de tecido R$ 9,00 em 1m X 3m do tecido que eu usei, eu o dividi em 2 partes de 1m X 1,50m, o que dá para fazer 2 cortinas iguais.

Passo-a-passo:

domingo, 30 de março de 2014

Resenha: Idog Plug Branco

Oi Gente!

Hoje vou fazer uma breve resenha de um aparelho para quem gosta de música. Antes do comprar o meu Idog fucei o quanto pude na internet e muito mal achei um ou duas resenhas gringas desse aparelho, encontrei algumas opiniões positivas em fóruns e decidi investir num desses. É o Idog Plug (o meu é o Branco) da Amethyst que eu comprei pela loja on line da Imaginarium. Custou R$ 475,00 (nas lojas físicas custava R$ 550,00). Esse dock station tem esse nome obvio porque tem esse design de cachorrinho (eu já chamo o meu de Brian Griffin ♥ uahuah).


Os maiores comentários a respeito desse aparelho era quanto a qualidade do som. Todos diziam que era surpreendente, que é um aparelho muito pequeno com um som muito bom, que não distorce... Resolvi pagar caro pra ver. De fato esse não é um dock station muito barato, em compensação ele é realmente bom.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Faça você mesmo: Móbile de papel machê

Olá pessoal!!!

Hoje vou postar um passo-a-passo para fazer um móbili de papel maché. Comprei por R$9,70 uma caixa da Massa semipronta para papel maché da Acrilex para fazer. Eu preferi usar essa massa semipronta porque pretendia fazer uma trabalho pequeno e ela é bem prática (mas você pode fazer papel maché em casa se preferir), não faz muita sujeira, basta prepará-la conforme as indicações da caixa (é só misturar com um pouco de água, super simples), modelar do jeito que você quiser e esperar secar (deixei um dia inteiro secando sob o sol quente do Recife no quintal, ou seja, demora — mas é assim mesmo). 


quarta-feira, 26 de março de 2014

Resenha: Kobo Glo [Livraria Cultura] + Neoprene Case

Olá pessoal!

Há cerca de um mês eu comprei o eReader Kobo Glo vendido no Brasil pela Livraria Cultura. Paguei R$ 249,00, ao invés de R$ 479,00, numa super promoção. Antes de comprar procurei resenhas sobre ele na internet, mas achei poucas, por isso vou postar uma aqui. Primeiramente vale dizer: esse produto vale muito a pena!

A primeira vez que eu li (há uns 4 anos) sobre os primeiros eReaders‎, confesso que fiquei com medo que essa nova tecnologia "matasse" o livro impresso. Hoje em dia eu percebo que o eReader não vai tomar o lugar do livro impresso, só vai oferecer uma nova alternativa de leitura. Isso é maravilhoso! Posso carregar uma biblioteca na minha bolsa e ler em qualquer lugar. Por conseguinte, tenho lido bem mais do que antes.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Aos 13...

Ela pegava emprestado as fitas cassete e vinis do irmão mais velho de uma amiga da escola. Os que mais gostava gravava pra ela. Engenheiros do Hawaii, Legião Urbana, Ramones, Bon Jovi, Aerosmith, Metallica, Guns n'Roses... Gostava muito daquele cassete do Guns: Appetite for destruction. Aquela capa era massa! Aquela fita só tinha música boa! Axl Rose era foda!

Ela tem 13 anos. Gosta de rock, desenho animado, de maquiagem, de matemática e de história. Nunca pensou o que realmente quer da vida, nunca pensou se quer o pode querer dizer "querer alguma coisa com a vida", se tira notas boas na escola então não tem com que se preocupar, pode ouvir música de boa...

Essa menina veio me visitar outro dia, olhou pra mim e disse entusiasmada, quase aos berros: "nós vamos pro show desse cara!!!". Em algum canto em mim eu nunca deixei de ser ela. É curioso como a cultura que a gente absorve faz parte da identidade que a gente constrói, da história que forma e transforma a gente. É curioso... É só o show de uma banda, mas que consegue me remeter àquela menina que eu fui aos 13 anos, mas, pois por mais que eu mude, me vejo sempre a mesma menina ouvindo rock, relaxada porque já cumpriu sua obrigação: "tirou notas boas na escola".

Minha mãe entrou no quarto e perguntou "por que seus olhos estão tão vermelhos?", eu menti, disse "deve ser por que estou sem óculos no computador faz tempo, vou desligá-lo". Ela percebeu que eu menti, mas pensou que talvez eu estivesse chorando porque briguei com meu namorado. Eu deixei ela pensar, acho que o mico seria maior se ela soubesse que na verdade eu chorava muito de emoção de saber que aquela menina realizaria o sonho de ver o show de sua banda preferida.
Imagem: Guns N' R. Roses by Band Land.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Dica: Como personalizar o descanso de tela do seu Kobo

Por esses dias aproveitei uma promoção da Livraria Cultura e comprei um eReader para mim. Já fazia tempo que eu queria um leitor de livros, é cômodo para quem ler, pois é como se eu carregasse uma biblioteca inteira no meu bolso. A tela é gentil com os olhos, super diferente de computadores ou tablets, este parece mesmo com papel, a melhor coisa que eu já comprei pra mim rsrsr AMEIII!!!

Sabe Aquele descanso de tela do Kobo onde fica escrito “Livraria Cultura”? Sabia que tem como dar um jeito de “se livrar” daquilo de graça não é? Se não sabia eu vou dar minha dica de como, com um pouco de criatividade você pode deixar seu Kobo com a cara que você quiser (até uma foto sua!)

O primeiro passo é super simples, escolha a capa que você quer que seja o descanso de tela do seu kobo e use o word para fazer um arquivo em pdf (esse arquivo será o seu descanso de tela personalizado). Escolha a imagem e/ou texto que quiser (uma foto, desenho, seu nome, uma frase que goste...) e crie!
Depois você vai adicionar o pdf que fez ao calibre [o programinha de conversão de pdf para ePUB que quase todo mundo usa. Tem para baixar de graça no Baixaki) e convertê-lo para o formado ePUB. Enviei esse arquivo em ePUB para a memória do seu kobo, depois faça o seguinte:
O Resultado:
Para manter a capa que você escolheu é só, depois de cada leitura, selecionar o arquivo com sua capa personalizada antes de desligar o aparelho e pronto! Você pode ir fazendo várias e tocá-las conforme preferir.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...