terça-feira, 22 de setembro de 2015

Ilustração: Jacilene S.

Olá pessoal.  

Hoje deixo vocês com algumas ilustrações em aquarela e nankin de minha autoria. São ilustrações feitas de maneira completamente livre e experimental, não seguem uma lógica muito interligada entre si, mas têm algo de surrealista, além de dar para perceber que eu gosto muito de cabelos (principalmente os cacheados ).


segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Benefícios do óleo de rícino

Por indicação de uma amiga comprei óleo de rícino (óleo de mamona) na farmácia para usar na hidratação dos meus cabelos. É um óleo vegetal altamente hidratante de textura espessa e que também ajuda a combater queda de cabelo, fortalece, hidrata, protege o couro cabeludo de infecções e fungos. Foi bem baratinho, um frasco de 30ml custou R$4,00. Este que eu comprei é puro, daí não possui corante nem perfume, prefira um assim. Por suas características, é aplicável em diversas funções diferentes. Segue algumas das que eu aprendi e gostei:


Como removedor de maquiagem dos olhos (principalmente à prova d'água) ► é um ótimo removedor de maquiagem, principalmente para rímel a prova d’água e não irrita os olhos, pelo contrário, devido à presença de uma grande quantidade de ácidos graxos insaturados, possui excelentes propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e germicidas que ajudam a combater infecções, fungos e auxilia o organismo a combater os radicais livres nocivos. Também hidrata os cílios e faz crescer e hidrata a pele da área dos olhos, o que ajuda a evitar o surgimento de ruguinhas.

Unhas e cutículas ► fortalece unhas quebradiças e hidrata as cutículas. Ao menos uma vez por semana deixe as unhas sem esmalte nenhum durante 24 anos no mínimo e aplique o óleo nas unhas antes de dormir, isso vai garantir unhas saldáveis, fortes e cutículas hidratadas.

Potencializa a hidratação corporal ► suas propriedades também favorecem a pele no tratamento para combater estrias, você pode misturá-lo eu seu hidratante corporal preferido.

Sobrancelhas ►guarde aquele pincelzinho que vem no rímel transparente, pois ele serve como aplicador de óleo de rícino nas sobrancelhas, como este óleo protege a pele e estimula o crescimento dos fios, ajuda a ter sobrancelhas mais bonitas e preenchidas. A dica é aplicar o óleo e fazer uma massagem de leve algumas vezes por semana antes de dormir.

De modo geral, este óleo é um poderoso hidratante, então pode ser usado também nos calcanhares, cotovelos e joelhos, até lábios ressecados, as possibilidades são muitas, depois ensino uma máscara natural revitalizante e hidratante para o rosto que aprendi com esse óleo.

Espero que vocês tenham gostado da dica.

Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Download gratis de livro para colorir em pdf

Entregar-se a uma atividade criativa, nos dias corridos que essa sociedade maluca por trabalho nos força a ter, tem se demonstrado essencial para manter a saúde mental, não é sem motivo que existe arte-terapia. A atividade artística é, sem dúvida, uma atividade gostosa que exige paciência, calma e entrega, por isso é terapêutico, faz muito bem para a mente. 
E é no sentido de estimular um momento de fuga desse corre-corre maluco, através de uma atividade criativa, que os livros de colorir tem se multiplicado pelas livrarias e bancas de jornal/revista, alguns mais caros e outros mais em conta. Este livro para colorir é composto por doze desenhos com um toque de surrealismo e foi disponibilizado para download gratuito a fim de que todos que se sintam interessados em colorir possam ter acesso sem precisar gastar dinheiro, basta baixar, depois imprimir e pintar. As ilustrações são autorais e protegidas, podem ser reproduzidas e utilizadas sem fins lucrativos, mas citando-se a fonte. 
Solte sua criatividade!


► Disponível para visualização e download também AQUI.

PS: uma recomendação pessoal que eu faço é que, para colorir os ditos "livros anti-estresse", não é preciso sair comprando sem freios todo tipo de lápis de cor que se vê nas lojas, afinal, ninguém fica desestressado arrumando motivos pra gastar dinheiro à toa. Então, cuidado para não cair no puro esquema do consumismo.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Sobre um passarinho que fugiu...

Hoje estava fazendo sol, me dei o luxo de acordar tarde, depois saí para resolver minhas coisas. No caminho, eu vi uma pequena movimentação que me chamou atenção, um homem gritava pro outro por trás de um muro "joga a camisa nele e pega!", quanto prestei mais atenção vi um passarinho verde alçando voo e fugindo dos homens que o tentavam capturar. O "dono" do passarinho lamentava "agora não dá mais para pegar", o passarinho havia fugido da gaiola e, driblou os dois homens que se esforçavam para pegá-lo de volta e bateu asas para tão longe quanto fosse preciso para desaparecer das vistas daqueles homens. Como ele saiu da gaiola? Eu não sei, talvez uma tranca frouxa depois de trocar a água ou pôr comida, ou uma criança abriu. Ahhh como eu tenho vontade de dar uma de maluca e simplesmente abrir a gaiola quando eu vejo uma com um passarinho aprisionado.... Hoje, ver que aquela criaturinha que, mesmo com "forças maiores que ele" tentando o prender novamente, não perdeu a oportunidade de resgatar a liberdade que lhe foi suprimida, foi lá e a resgatou. Agora é livre. Certamente na gaiola que ele ficava tinha água fresca, comida regular e até um momento diário de banho de sol, tudo que precisa para viver até morrer de velhice. Tudo que precisa... Mas será que basta essa segurança de que vai simplesmente viver até morrer? A certeza de que vai se viver até morrer de velho é realmente tudo o que se precisa? Uma prisão com comida, água e banho de sol... Quanta gente não há que vive em certas prisões, garantidos unicamente de que vão viver até morrer de velhice e sempre terão comida, água e alguns "banhos de sol"? E vivem nem infelizes nem felizes, apenas com "o copo pela metade", às vezes mentindo para si próprio de que "o copo está meio cheio". O que vai acontecer com aquele passarinho agora que é livre? Quem sabe?... Eu confio muito nos instintos animais, tanto que quando, por exemplo, um cachorro não gosta de uma determinada pessoa, então é melhor também manter "um pé atrás" com a tal pessoa; e a força com que aquele passarinho brigou por sua liberdade, para ser dono do seu destino, nos serve de inspiração sobre o quanto é indispensável a autonomia sobre nossas vidas, sobre o quanto é fundamental que nossas escolhas sejam livres da tutela de "um dono" que nos aprisiona e dá "tudo que precisamos". Às vezes o papel do "dono que tutela o passarinho" vem materializado na figura dos pais, de um emprego, de um(a) namorado(a)... E você, que tipo de "passarinho" é?


Imagem: bird by Lara Paulussen.

terça-feira, 3 de março de 2015

Decoração: Adesivo de Parede Cabideiro

Nas minhas pesquisas onde busco soluções de organização eu sempre prezo por economia de espaço combinado com visual bacana. Um espaço, para mim, tem que ter decoração moderna e original. Foi pensando nisso que conheci a ideia de usar adesivo no lugar de cabideiro, pois economiza espaço e fica lindo! Os adesivos para parede são simples e rápidos de aplicar, no adesivo você pode aplicar (com bucha, parafuso e uma furadeira) ganchos para pendurar as coisas e voilà sua parede "se torna" um cabideiro super funcional e que não gasta espaço. Segue umas imagens para você se inspirar.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Decoração: Mural de fotos e desenhos, com pranchetas

Precisei de uma solução barata e bonita para uma exposição de desenhos, eram 15 desenhos em A4 e comprar uma moldura para cada um custaria, no mínimo R$150 – considerando que as molduras que eu previa custava R$10 cada uma para um papel A4. Eis que me apareceu uma solução barata, eficiente e de visual moderno: pranchetas. Dá para usar as pranchetas como no lugar das molduras e cada uma – das mais simples em MDF – custa R$2,60.

Essa mesma ideia funciona na decoração da sala, do quarto, do escritório e você pode expor fotos, desenhos, textos... Algumas inspirações:

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Potinho de Leitura

Sou desse tipo de gente que compra mais livros do que consegue dar conta, e depois que comprei meu Kobo isso só piorou, são muitos livros! Por isso eu resolvi fazer o meu potinho de leitura. É uma ideia simples e legal em que você coloca dentro de um potinho todos títulos que você deixou a leitura pela metade ou que comprou e ainda não leu e sorteia um livro de cada vez para ler. O ideal é você só retirar outro título depois que terminar o sorteado.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Maquiagem de bobo da corte

A semana de carnaval vai começar com essa sugestão de maquiagem/fantasia, a de Bobo da Corte. É super simples de fazer e demanda poucos materiais (a lista está ao final do post).



Produtos que eu usei:
• Payot Couverture Pan Cake Branco;
• Colombina Artistic Makeup, Pancake Preto;
• Avon Luminous Blush em Pó, cor Tangerina;
• Wet n Wild, lápis de olho, Preto e Branco;
• Colombina Artistic Makeup Batom Black.

Por hoje é isso. 
Até a próxima e beijo!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Faça Você Mesmo: reciclar ímãs de propaganda para mural de fotos

Hoje eu reciclei ímãs de propaganda – desses de pizzarias, petshops, etc – que não serviam mais, fiz novos ímãs para usar no meu mural magnético usando figuras de tirinhas.


Adorei o resultado e deixo o passo-a-passo para vocês.
Precisa de:

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Breve História do Carnaval + Maquiagem Colombina [Carnaval 2015]

Carnaval é uma das festividades mais antigas do mundo ocidental, sua origem data da Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C., como o seu próprio nome em latim — "carnis levale" — indica, era a festa marcada pelo "adeus à carne", pois a partir dela se fazia um grande período de abstinência e jejum, era uma maneira dos gregos prestarem seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Por volta de em 590 d.C. o carnaval passou a ser uma comemoração adotada pela igreja católica 3 antes da quaresma, e observa o mesmo sentido do "adeus à carne" para entrar numa, digamos, "quarentena de purificação espiritual" até a páscoa.

Também na época clássica cada lugar e região brincava o carnaval a seu modo, geralmente de uma forma propositadamente extravagante, de acordo com seus costumes, e cerca de 2.500 anos depois, do outro lado do mundo ou seja, aqui no Brasil os festejos populares carnavalescos também divergem de acordo com as regiões. Por mais que pareça bairrismo pode até ser mesmo eu pago o maior pau para o carnaval do Recife, primeiramente pela multiculturalidade, no Recife o carnaval não encontra barreiras, aqui você encontra frevo, samba, rock, blues e mais um monte de ritmos, o que torna o carnaval do Recife a mais genuína festa dos sentidos, o culto a Dionísio! Depois, porque tudo isso é livre, é free, é de todos, ainda não conseguiram privatizar — bem que a elite local, com apoio da prefeitura tenta, mas "nós somos madeira de lei que cupim não rói"—, então é só chegar e aproveitar ().

Minha figura favorita do carnaval é a clássica Colombina. Colombina é o pivô de um "triângulo amoroso" onde o Pierrot ama Colombina, que ama Arlequim, que também quer — pois não ama do mesmo jeito sofrido que o Pierrot — Colombina. Esses personagens surgiram na Itália do século XVI, um entretenimento popular, cuja origem foi influenciada pelas brincadeiras de Carnaval.


Até a próxima e beijão!

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Dupes de pigmentos/sombras MAC na Paleta 3D da Jasmyne

Talvez você não saiba, mas sua paleta 3D da Jasmyne é cheia de dupes de sombras e pigmentos da MAC. A seguir algumas comparações:


1. Esta é um marrom com cintilância em ouro velho parece muito com o Roasted Chestnut da MAC;
2. Esta é uma sombra roxa com fundo avermelhado, ou seja, vinho que parece a Hepcat da MAC;
3. Este é um tom de cobre avermelhado intenso que lembra muito Spicy Smoke da MAC;


4. Esse é um tom roxo meio marrom café, é lindo, meu favorito, tanto que uso muito essa sombra sozinha, veio duas dela na mesma paleta é repete na paleta e eu amei isso, ele é muito parecido com o pigmento Deep Purple é, igual ao nome da banda da MAC;
5. Este é um dourado com ar envelhecido meio esverdeado que me remete ao ouro marroquino, parece com o pigmento Old Gold da MAC;
6. Este marrom acobreado levemente dourado é dupe do pigmento Chocolate Brown da MAC;


7. Esta é uma champanhe iluminadora, básica e rica que parece com o pigmento Blonde’s Gold da MAC;
8. Esta rosinha claro, iluminador que lembra o pigmento Rose Light da MAC;
9. Este é um tom iluminador bem claro, quase branco e que reflete um douradinho, parece o famoso pigmento Vanilla da MAC.

Por hoje é isso.
Beijos pessoal e até mais!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Gene Simmons ensina o passo-a-passo de sua maquiagem no KISS

Olha que bacana esse vídeo o próprio Gene Simmons mostra o tutorial de sua maquiagem no Kiss (esta moça é a filha dele, Sophie).


Por hoje é isso pessoal.
Beijo!

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Faça você mesmo: Capas para discos de vinil

Depois que comprei minha vitrola (esta AQUI) comecei a manusear meus vinis que há muitooo tempo estavam guardados e descobri alguns sem capa (só com o plástico). Como isso é difícil de encontrar, e até caro, decidi que eu mesma faria as capas dos meus discos que estavam sem capas. Ficaram assim.


Pensei em gravar um vídeo para mostrar a vocês como fazer, mas é muito simples e dá para explicar sem vídeo mesmo.
Pois bem, vai precisar de: • 2 folhas de papel tamanho A3 (usei de 120g, mas uns 200g é melhor porque é mais grossinho, menos do que 120g eu não recomendo porque fica frágil demais e não protege seu disco);  • Cola; • Tesoura; • Lápis para marcar o círculo que vai ser cortado no meio da capa. A capa do disco deve ficar com as seguintes medidas:

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Estrague seus brinquedos

Imagem: The room by Ana Galvan.
Quando eu era criança, lembro, o quanto me deixava com dó ver uma criança que não podia tirar os brinquedos da caixa para não estragá-los. Eu tive uma amiga chamada Dayane, ela tinha um quarto enorme, brinquedos de marca, os pais dela podiam dar a ela todas as bonecas enormes que eu sempre quis ter mas meus pais não podiam me dar. Ela tinha um liquidificador que funcionava de verdade, podia fazer suco de verdade, mas a mãe dela não deixava tirar o brinquedo da caixa para não quebrar. Ela tinha uma calculadora grande cor-de-rosa com muitos bichos estampados e que emitia os sons dos animais, mas não podia ligá-la para não gastar a pilha. Aquilo me deixava confusa e passava para mim o mesmo sentimento de frustração que eu sentia vir de Dayane. Mas o brinquedo não deveria ser para brincar?

Meu quarto era bem menor do que o dela, não tinha a decoração planejada e bonita do dela e meus poucos brinquedos e lápis de cor eram espalhados pelo chão. Eu não entendia porque ela ficava tão feliz de vir brincar comigo, com as minhas coisas que não eram tão legais quanto as dela. Hoje eu acho que eu entendo um pouco... Dayane nunca "teve" tudo que tinha. Quem tinha todas aquelas coisas era a estante do quarto dela. Isso claramente a frustrava.

Eu simplesmente destrocei a primeira Barbie que tive, penteie os cabelos compridos e frisados dela tanto que o pescoço dela rachou. Meus ioiôs da Coca-Cola (que eu ainda tenho) não ficaram intactos como itens de colecionador, pelo contrário, estão muito bem arranhados com marcas de muita diversão de uma criança, a mesma regra se aplica eu meu bambolê do É O Tchan, à corda de pular corda e aos patins que se deterioraram. Da minha primeira boneca só restou uma foto. "Estraguei" essas coisas da melhor maneira possível.

Jacilene Silva.