sábado, 24 de dezembro de 2016

Boas Festas e Feliz Ano Novo!

Que não nos falta coragem, serenidade, otimismo e amor para nunca desistirmos.


Boas Festas e Feliz 2017!

sábado, 3 de dezembro de 2016

Compre livros artesanais: Metamorfo & O Papel de Parade Amarelo

Dica de presente de natal super especial: LIVROS ARTESANAIS!



"Metamorfo" é uma crônica em quadrinhos escrita e desenhada por Jacilene Silva, sobre mudanças pessoais, no tempo... ou mesmo no espaço... em edição artesanal, com miolo em papel off-set marfim 75g e capa em papel linho vermelho 180g, encadernação feita à mão.
[10,5cm x 29,7cm. 20 páginas.]


"O Papel de Parede Amarelo", de Charlotte Perkins Gilman, uma valiosa peça da literatura feminista estadunidense, "O Papel de Parede Amarelo" é um breve conto de Charlotte Perkins Gilman, que revela atitudes da sociedade, de modo geral, em relação à saúde psicológica das mulheres daquele contexto social e temporal do século XIX, mas que curiosamente guarda estreitas semelhanças com muitas situações atuais. Este clássico da literatura feminista, traduzido para o português por Jacilene Silva, em edição artesanal independente, com miolo em papel off-set marfim 75g e capa em papel color plus amarelo 180g e papel vegetal 80g, encadernação feita à mão.
[20,5cm x 14,5 cm. 24 páginas.]

Quanto? R$10 cada + R$5 de frete (para um, o frete para dois custa R$7) para todo o Brasil (via carta não comercial).
Como comprar? Vendas via edicoesdentedeleao@gmail ou in box na fan-page facebook.com/edicoesdentedeleao.

sábado, 26 de novembro de 2016

METAMORFO: uma crônica em quadrinhos - por Edições Dente de Leão.

O que eu tenho feito ultimamente? Diversas coisas, entre elas, colocando projetos em prática. E entre esses tais projetos, a publicação [100% independente] de uma crônica em quadrinhos, ilustrada e escrita por mim mesma, pelo meu selo editorial indieDente de Leão.

METAMORFO é uma crônica em quadrinhos. Isso mesmo, uma crônica em quadrinhos, sobre mudanças, sobre transformações físicas e metafísicas. O lançamento é em dezembro! (ou seja, semana que vem). Vai custar apenas 10 reaizinhos e eu entrego para todo Brasil com frete via carta não comercial por R$5 (olha aí, um ótimo presente de natal!). Ficou com vontade de comprar? Entra em contato comigo na página facebook.com/edicoesdentedeleao (curte lá para ficar por dentro das novidades do selo) ou pelo e-mail edicoesdentedeleao@gmail.com que a gente combina o meio de pagamento.


Beijo!


terça-feira, 25 de outubro de 2016

Edições Dente de Leão

Apresento-lhes meu mais recente projeto: Edições Dente de Leão.  Trata-se de um recém-nascido selo editorial independente, com proposta alternativa, que pretende, acima de tudo, espalhar literatura, poesia e arte sem as amarras impostas pela grande indústria editorial.

Fotografia: Jacilene Silva.
A flor Dente de Leão é um tipo de flor bonitinha que "dá em todo lugar", não precisa de frescura para florescer, muitas vezes é considerada planta invasora de lavouras, pastagens, gramados e jardins, ela se infiltra sem precisar de aval de quem quer que seja e se mostra.

A primeira publicação sai do forno em poucos dias e vai ser um clássico à venda por um preço super amigo. Em breve estará aqui!

Página no Facebook: facebook.com/edicoesdentedeleao
Contato edicoesdentedeleao@gmail.com


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

E-book: O Papel de Parede Amarelo, de Charlotte Perkins Gilman

Olá pessoal. Depois de um tempinho sem postar, trago aqui para download uma edição toda arrumadinha do conto O Papel de Parede Amarelo de Charlotte Perkins Gilman. Este livro é de domínio público, portanto pode baizar sem dor na consciência. Esta edição foi feita por mim e está disponível para download em epub e em pdf.

Sinopse: Um clássico da literatura feminista publicado originalmente em 1892. Uma mulher fragilizada emocionalmente é internada, pelo próprio marido, em uma espécie de retiro terapêutico, em um quarto revestido por um obscuro e assustador papel de parede amarelo. Proibida de fazer qualquer esforço físico e mental, a protagonista fica obcecada pela estampa do papel de parede do seu quarto e acaba enlouquecendo de vez. Por anos, desde a sua publicação, o livro foi considerado um assustador conto de terror, com diversas adaptações para o cinema, a última em 2012. No entanto, devido a trajetória da autora e a novas releituras, é hoje considerado um relato pungente sobre o processo de enlouquecimento de uma mulher devido à maneira infantilizada e machista com que era tratada pela família e pela sociedade. Charlotte Perkins Gilman foi uma grande romancista estadunidense que participou ativamente da luta pelos direitos das mulheres em sua época e é a autora do clássico tratado “Women and Economics”, uma das bíblias no movimento feminista. .


sábado, 16 de julho de 2016

Download gratuito: Tarot de Marselha (Arcanos maiores)

Praticamente não há na internet onde baixar um Tarot de Marselha para imprimir. Pensando nisso, eu fiz um arquivo todo arrumadinho com os 22 arcanos maiores para você que tem interesse, mas também já percebeu que um Tarot geralmente é bem caro poder imprimir, recortar e ter as cartas sem ter que gastar os olhos da cara.

Eu já postei há algum tempo, também para baixar de graça, uma linda versão de um Tarot Wicca (AQUI - um Tarot de Marselha, mas com alguns símbolos adaptados à Wicca), com uma tabelinha para instruir um pouco a interpretação e leitura. Tenho planos de desenhar um Tarot eu mesma, com minha própria arte, mas como não é tão rápido e simples assim, ainda vai demorar um pouco.

Quando eu fizer meu próprio tarot pretendo fazer um sorteio para todo o Brasil aqui no blog juntamente com um livretinho com instruções de leitura, ainda estou estudando uma boa forma de fazer o sorteio sem ter que obrigar as pessoas interessadas a seguirem 50 redes sociais coisa mais chata isso né? Então, fiquem de olho!


DOWNLOAD: AQUI

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Cor de Iogurte Loja: Cadernos artesanais

Cadernos artesanais, costurados à mão, com arte original pintada nas capas (não é impressão, é pintado à mão de um por um) com tinta nanquim. Tamanho A5 (14,8cm x 21cm); Capa em papel kraft cru 240g; miolo de 60 páginas, em papel off-set 75g nas cores marfim, amarelo ou salmon; bordas arredondadas que evitam a formação de "orelhas". R$15 cada (com desconto em comprar a partir de 10 unidades). Encomendas pelo e-mail jacilenelua@gmail.com


Veja mais em: br.pinterest.com/jacilenesil

sábado, 21 de maio de 2016

NÃO É SÓ UMA QUESTÃO DE OPINIÃO.

Opinião é quando alguém prefere uma cor na parede da sala ao invés de outra. Opinião é quando se acha mais bonito estampa florida do que listrada. Opinião é quando alguém prefere o próprio cabelo curto ao invés de comprimido. Opinião é quando alguém escolhe ter ou não ter religião, ouvir ou não ouvir determinado gênero musical, tomar café ou chá, ou água... Tudo que alguém faz do próprio espaço, sem intervir no espaço do outro é seu direito é sua liberdade, configura sua opinião. Posicionamentos que defendem a restrição dos direitos dos outros não é "só opinião", política se discute sim, porque não é do simples âmbito da opinião. Discurso de ódio, segregação e violência não é mera opinião. Opiniões diferentes da minha não fazem de ninguém meu inimigo, posicionamentos políticos que atacam, restringem e violam os direitos dos outros fazem sim desses indivíduos meus inimigos, eu não quero ser amiga de homofóbicos, misóginos, racistas, fascistas.

Não está correta a pessoa que se posiciona para tirar das outras pessoas o direito de casarem, de formarem família, de amarem quem quiserem, de terem o nome social que se identificam, de serem quem realmente são. Jamais será justo alguém que prega por aí que o jeito "certo", "bonito" e "melhor" que toda mulher deve parecer, que todo homem deve parecer, que todo ser humano deve parecer é jeito da classe racista, elitista com complexo de vira-latas.

Portanto, antes de vir me acusar de ser "intolerante" com quem tem "opinião" diferente da minha, seria interessante repensar o que realmente se entende por "opinião".

Imagem: LAMP CITY BITCH by Happy As Flynn.

domingo, 17 de abril de 2016

Pelas ruas que andei... fotografei!

Hoje em dia não é tão difícil ter acesso a uma câmera fotográfica DSLR de boa qualidade. Há muitas lojas confiáveis na internet que oferecem preços bons sob condições de pagamento que cabem no bolso dos novatos interessados em fotografia.

Fazer uma boa foto é sem dúvida prazeroso, captar o melhor do que nossos olhos podem ver e deixar esse olhar tão particular registrado para a posteridade. Antes da invenção da câmera fotográfica esse "feito" era privilégio dos grandes pintores, pois nem todo mundo tem o dom de registrar com fidedignidade à luz, ao movimento e a realidade de detalhes uma cena cotidiana tendo em mãos pincel, tinta e tela. 

Contudo, há quem ainda pense que fazer fotografia é somente "apertar o disparador" e pronto. Basta tentar manusear uma câmera – mesmo que das mais simples – para perceber que não é bem assim... Talvez por essa razão é que esteja crescendo exponencialmente a oferta e a procura por cursos de fotografia, sobretudo desses de curta duração [30, 20 até 10 horas durante fins de semana, por exemplo]. Sabe-se que, em suma, fotografia consiste em captação de "luz, cor e movimento", o que vai diferenciar uma foto da outra é a maneira como e de onde o pessoa vai preferir captar esse conjunto de elementos: se quer mais ou menos profundidade; qual enquadramento, perspectiva e como prefere equilibrar a luz que incide sob os objetos, revelando suas cores e sua movimentação...

Eu já fiz um desses cursos e acho que a proposta é válida, mas não se iluda, curso de fotografia consiste basicamente em ensinar às pessoas a manusear a câmera, só isso, tecnicamente. Fotos bonitas dependem principalmente da criatividade de quem fotografa e isso não se ensina. Uma boa foto não depende nem da câmera por si só – claro que quanto mais recursos uma câmera fornece ao A quem faz a fotografia, mais margem se tem para "brincar" com a imagem e conferi-la a perspectiva que preferir – mas, antes de uma boa câmera, é preciso se desenvolver um "bom olho". Assim, criatividade não se ensina, mas se estimula.

Por isso é certo que o "bom olho fotográfico" só se adquire experimentando. A dica é, fotografe para "aprender" a fotografar. Clique seu gato, seu cachorro, o jardim do seu prédio, a árvore do quintal, frutas na mesa. Faça várias fotos do mesmo objeto mudando a abertura de lente da sua câmera, a velocidade do obturador ou mesmo só as diferentes opções automáticas para diferentes iluminações que sua câmera oferecer; conheça a sua câmera para conhecer os resultados e refinar seu olhar. É esse um bom começo.

Por do sol em Petrolina-PE.

Rio São Francisco em Juazeiro-BA.

Panelas-PE.

Praia de Maria Farinha,Paulista-PE.

Praia de Casa Caiada, Olinda-PE.

Estátua de Ascenso Ferreira, no Cais da Alfândega, no Bairro do Recife.

Pôr do sol visto da Praça do Marco Zero de Recife-PE.
Por fim, eu sinto que quem fotografa quer, com suas lentes, registrar todos os sentimentos possíveis. Assim, faz do silêncio recado, palavra da mudez, diz enquanto cala. Então, a dica maior é: imagem não basta, o importante é ter também sentimento, poesia, arte.


Beijos!

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Fotografia Surrealista.

Gosto de usar o que há de mais diverso para buscar inspiração para fotografar, principalmente em alguns movimentos artísticos. Acho super válido e animador! Dentre tantos elementos inspiradores os que mais me chamam atenção são alguns movimentos artísticos do século XX. Eu já tinha escrito aqui sobre fotografias inspiradas em movimentos artísticos como, por exemplo, Fotografia Dadaísta, hoje quero falar um pouco sobre Fotografia Surrealista. Parece contraditório as apalavras 'surrealismo' e 'fotografia' juntas — eu também já pensei isto —, mas podemos sim "mostrar o surreal" através das lentes da câmera.

De maneira resumida, podemos dizer que o Surrealismo é um movimento artístico em que se busca expressar a verdadeira função do pensamento e galgar a arte ao caminho do sonho; busca tornar visível o que parecia invisível, concretizar o abstrato, materializar o imaterial, enfim explorar a dimensão do indescritível. O surrealismo é inspiração para artistas até os dias de hoje — eu, particularmente tenho uma queda um tombo pelas vanguardas históricas, em especial ao cubismo, surrealismo e dadaísmo ♥.

Mas em fotografia, como usar o surrealismo como inspiração? Acha que não é possível? Veja as fotografias obras de arte a seguir e se inspire:

Por Rune Guneriussen.
Por Kyle Tthompson.
Por Chema Madoz.
Por Carrie Schneider.
Por Kyle Tthompson.
Por Rune Guneriussen.
Por Chema Madoz.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Cadernos artesanais por Jacilene S.

Como falei antes, segue algumas fotos das minhas criações, agora à venda em cadernos super charmosinhos. 

Descrição: cadernos artesanais, costurados à mão, com arte original pintada nas capas (não é impressão, é pintado à mão de um por um) com tinta nanquim. Tamanho A5 (14,8cm x 21cm); Capa em papel kraft cru 240g; miolo de 60 páginas, em papel off-set 75g na cor marfim; bordas arrendodadas que evitam a formação de "orelhas"




Cada um custa R$20 (comprando a partir de 10 eu faço desconto), para encomendar é só entrar em contato com jacilenelua@gmail.com, envio para todo o Brasil com frete baratinho. Pode conferir mais em: br.pinterest.com/jacilenesil

Beijão e até mais!

quarta-feira, 9 de março de 2016

Caderno artesanal

Olha o que eu tenho feito nas férias de verão:


São cadernos artesanais com arte original pintada nas capas, por esses dias estarão à venda (R$10, valor promocional de lançamento).

Em breve voltarei com mais fotos!
Beijos!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Aquarelas de Jaci S.

Estes são alguns marcadores de página que eu fiz em aquarela e nanquim sobre papel vergê. Estarão à venda em breve.




Mais trabalhos meus em pinterest.com/jacilenesil

Beijão e até mais!