quarta-feira, 10 de maio de 2017

Conheça: Delmira Agustini

Delmira Agustini, poeta e ativista feminista uruguaiana (1886-1914), foi uma mulher a frente do seu tempo, escreveu sonetos sobre erotismo feminino numa época em que este ramo era totalmente dominado por homens. Sua obra é caracterizada por uma carga erótica forte. Seus poemas seguem a linha modernista e estão cheios de feminismo, simbolismo, sensualidade e sexo. Seu estilo pertence à primeira fase do Modernismo e seus temas que tratam de fantasia e materiais exóticos. Eros, deus do amor, simboliza erotismo e é a inspiração para poemas Agustini cerca de prazeres carnais.

Porém infelizmente Delmira estava fisicamente inserida num tempo misógino, e por essa razão a história da poeta foi interrompida prematuramente, aos 27 anos, após se separar do marido, ele a assassinou e cometeu suicídio depois. Atualmente Montevidéu tem um memorial dedicado a Delmira Agustini e todas as vítimas de violência de gênero localizado na rua Andes 1206, onde Delmira foi assassinada pelo ex-marido.


Tem disponível para baixar de graça para o Kobo (no app ou no e-reader) no site da Livraria Cultura e-book com sonetos de Delmira: AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário